29 de set de 2012

O Super-Cristão (parte 1)

      

      Aquele momento clássico em que você ouve um testemunho fantástico sobre o que algum missionário ou pastor está fazendo, como por exemplo: pregando o evangelho no meio de índios perigosos, levando centenas de Bíblias a lugares onde você perderia sua mão por possuir apenas uma, afirmando que ama Jesus mesmo sob a ameaça de ter uma parte do seu corpo decepada, ou até mesmo algo mais próximo do "seu mundo", como um homem que pode estar andando de táxi, pode estar no supermercado ou em qualquer lugar, mas que SEMPRE fala de Cristo para todos a sua volta; ou uma menina que entre os sete dias da semana, em cinco ela está fazendo estudos bíblicos, visitando asilos e ajudando crianças carentes e nos outros dois está envolvida nos programas de sua igreja.
Depois que você ouve e vê o que essas pessoas estão fazendo, você para e pensa: "Como conseguem? Eu NUNCA vou ser como elas. Eu não conseguiria fazer essas coisas e me dedicar tanto assim! Eu não sou perfeito como tal pessoa!". Você fica desanimado e sentindo-se inútil. 
      Todos esses problemas começam na comparação. Não temos o que é preciso, não somos fortes, nossas habilidades não são especias assim como as do fulano. Mas não é essa a verdade. Cada pessoa é única, com seus dons e talentos dados por Deus. Deus não "tira xerox" de nenhum ser humano.  Ele faz cada um de modo especial e admirável (Salmos 139.14). Se nos compararmos com os outros só haverá dois resultados possíveis: Orgulho - "Eu sou bem melhor do que aquela pessoa! Não sei como ela não consegue fazer isso! Sou muito bom nisso!" e inferioridade - "Eu não sou assim como ele(a)! Talvez nunca seja... eu provavelmente não sirvo para nada!". As duas perspectivas são erradas! A Bíblia fala: "A soberba precede a destruição, e a altivez do espírito precede a queda." (Provérbios 16.18) e também fala que é em Deus que podemos tudo ("Tudo posso naquele que me fortalece" Filipenses 4.13), não em nós mesmos, ou seja, está faltando confiança em Deus, por isso esta autocomiseração.
      Como está escrito em Provérbios 3.5: "Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento." Não confie na sua perspectiva errônea de valor ("no seu próprio entendimento") que diz que você é "demais" ou não é nada. O seu valor está no amor de Deus por você. Em nada mais.
É Deus quem capacita aquelas pessoas de quem ouvimos falar ("pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele." Filipenses 2.13) e ele pode fazer isso com você também, desde que você esteja disposto a servi-lo: "Se vocês estiverem dispostos a obedecer, comerão os melhores frutos desta terra." Isaías 1.19
      Que busquemos cada vez mais NO SENHOR o nosso valor e também nossa força!